Sistema inovador leva produção hidropônica para quem vive em centros urbanos

A jardinagem pode ser uma atividade gratificante e terapêutica além de melhorar a qualidade do nosso ar e ajudar a natureza a se recompor. Infelizmente, muitos moradores urbanos  pensam que nunca terão a chance de viver esta experiência. O movimento mundial de hortas urbanas vem para mudar este cenário  usando um conhecimento antigo aliado a tecnologia. Aqui apresentamos uma solução elaborada pelo designer Philip Houiellebecq.

Usando um conhecimento moderno sobre a hidroponia, o conceito definido como Auxano, foi projetado para permitir que os moradores das grandes cidades vejam crescer plantas e ervas bem de perto, de forma eficaz, eficiente – e sem “bagunça”! Tudo isso dentro das limitações de espaço oferecidas pelos centros urbanos.

O sistema é composto por inovadoras bombas oxigenantes que não necessita de energia elétrica para operar. O “berço raiz” desliza para fora e para o alto, permitindo a colheita do vegetal ou erva em um processo fácil. As raízes pendem livremente a partir do suporte para dentro da solução de nutrientes  para alimentar as plantas. Este fundo desenrosca, revelando o reservatório de nutrientes. A alimentação da planta pela parte de baixo do produto torna o processo mais eficiente.

A solução de nutrientes deve permanecer oxigenada para impedir  sua estagnação. O sistema Auxano de bombas diferencia este produto em relação aos seus similares na produção hidropônica.  O usuário simplesmente pressiona a bomba de borracha subjacente algumas vezes por dia liberando rajadas de oxigênio no tanque de oxigênio de nutrientes. Este por sua vez é bombeado para o tanque de nutrientes através de um simples sistema de válvula unidirecional.

A operação manual do fluxo de ar aumenta a interação do usuário com o produto e também remove a necessidade de introduzir energia elétrica para manter a solução nutritiva aerada,  aumentando ainda mais as características ecoeficientes do produto.

 

tanque circular de lona em dois níveis o de fora produz alfaces e o de dentro tilápia

Aquaponia, hidroponia, piscicultura

 

 

Rafael Loschiavo

Redação Ecoeficientes

 

Deixe seu comentário: