Agenda Gotsch – Agroflorestas fundamentadas na sucessão natural das espécies

O suíço chamado Ernst Gotsch, que se mudou para o Brasil na década de 80, trabalha desde então em sua fazenda com a implantação de agroflorestas fundamentadas na Sucessão Natural de Espécies e que propiciam a recuperação dos solos trabalhados. Por meio de um modelo de agricultura que prescinde de insumos externos, Ernst Gotsch reflorestou 480 hectares de área degradada no sul da Bahia. A fazenda desenvolveu seu próprio microclima, 14 nascentes de água foram recuperadas e a fauna repopulou o lugar. O efeito extra de sua intervenção é a colheita agrícola. O experimento tem sido disseminado e adaptado a diferentes regiões e climas nos últimos 30 anos. Neste modelo de agrofloresta, o insumo mais importante é o conhecimento. Assim nasce o Projeto Agenda Gotsch, a partir qual dois jornalistas visitam a fazenda de Ernst Gotsch a cada 60 dias para registrar a implantação e o manejo de duas áreas: uma de solo degradado (Área 1) e outra um pomar abandonado (Área 2). A produção dos vídeos e textos ajudarão produtores de todo o mundo a adotar técnicas agrícolas verdadeiramente sustentáveis.

Acesse o site oficial em Projeto Agenda Gotsh

 

 

Composteira Doméstica

 

 

Arq.Rafael Loschiavo

Redação Ecoeficientes

Deixe seu comentário: