Reforma de Residência em São Paulo com Soluções Ecoeficientes

PROJETO DE ARQUITETURA SUSTENTÁVEL PARA UMA RESIDÊNCIA EM SÃO PAULO

6

  • Localização: São Paulo - Franco da Rocha
  • Características: projeto de reforma de residência para três pessoas

O projeto engloba 6 categorias Ecoeficientes:

Captação Água da Chuva

O esquema acima mostra o caminho da água da chuva desde a sua captação até o seu destino. A água da chuva será captada pelos Telhados Verdes (1) e será levada para a  Cisterna (4) através de condutores verticais e horizontais (2). Ao passar pelo filtro (3), a água ficará armazenada na Cisterna  (4) e poderá ser usada para irrigação de jardins (5) e lavagens de pisos (6).

cálculo cisterna

Para descobrirmos o tamanho ideal da Cisterna , foram feitos cálculos baseados em Área de Captação da Água da Chuva e Índices Pluviométricos de Franco da Rocha. Com isso, foi possível descobrir a Média Diária de Litros de Água da Chuva que os telhados verdes poderão captar durante um mês (gráfico à esquerda).

Foram estimados também, os consumos de água para Irrigação dos Jardins e Lavagens de Pisos. Podemos utilizar a água da chuva nessas atividades para gerar a economia de água. Estimamos um período sem chuvas (20 dias) e multiplicamos esse valor pelo consumo total diário de água da chuva (13,9L) (gráfico à direita).

Tijolo Ecológico

Como sistema construtivo, foi proposto o uso de tijolos ecológicos. O uso dos tijolos ecológicos contribuem com a redução no tempo, peso e custo da obra. Como as medidas dos módulos são bastante precisas, dispensa-se as camadas espessas de reboco para corrigir irregularidades.

tijolo ecologico acustica

Os furos nos tijolos modulares formam câmaras termo-acústicas que controlam a temperatura no interior da construção e ajudam a isolar ruídos.

reciclagem

Foram propostas a utilização de Coleta Seletiva e Composteira Doméstica. Os materiais reciclados podem ser reaproveitados, o que diminui a exploração de recursos naturais.

composteira

O funcionamento da Composteira Doméstica é baseado em 3 fases:

FASE 01 – Colocar resíduos orgânicos misturando e cobrindo completamente com matériia vegetal seca, até encher o recipiente (Cerca de 1 mês). FASE 02 – Deixar descansar pelo menos 1 mês, enquanto a compostagem acontece e as minhocas transformam os resíduos orgânicos em húmus. LÍQUIDO – Ao longo de todo o processo, os resíduos orgânicos liberam um líquido rico em nutrientes que se diluído com água é um excelente fertilizante natural para as plantas.

aquecimento solar1

A água fria da caixa d’água (1) entra no coletor solar (2) e é direcionada para o boiler (3), onde é aquecida. Após o aquecimento, a água irá abastecer o(s) ponto(s) de consumo (4), como o chuveiro, pias dos banheiros e pia da cozinha.

Para saber o modelo de aquecedor solar mais adequado para a residência, é preciso saber o número de usuários na casa e quantos pontos de água quente serão abastecidos pela água aquecida pelo sol.

aquecimento solar2

 

placa fotovoltaica1

O painel fotovoltaico (1) na cobertura do escritório gera energia elétrica em corrente contínua quando a luz do sol bate nele. A energia gerada pelo painel fotovoltaico (1) passa por um inversor solar (2) que alterna a corrente contínua para alternada e equaliza com a frequência da sua residência. A energia sai do inversor solar (2) e é conectada na rede pública através do relógio bidirecional (3). A energia inserida na rede se transforma em créditos para abater a conta de luz.

placa fotovoltaica2

 

telhado verde1

Foram colocados módulos de telhados verdes de 50x50cm nas três coberturas da residência. Além dos módulos, são necessários pontos de Água Fria para irrigação, grelhas de proteção (ralos) de 15x15cm e argila expandida nas laterais.

telhado verde2

telhado verde3

hortas urbanas1

O tipo de horta growbed é o sistema inteligente de subirrigação que propicia um rendimento 50% superior ao de uma horta normal. Ao alimentar a estrutura com água, seus pequenos vasos conduzem o líquido até as raízes. Assim, não há encharcamento dos vegetais e o processo de evaporação da água é desacelerado, reduzindo o desperdício.

hortas urbanas2

jardim vertical1

São compostos por blocos de concreto com plantas naturais, permitindo a integração da natureza no ambientes internos e externos em pequenos espaços. Um Jardim Vertical além de melhorar o conforto térmico, pode ser utilizado para revestir uma parede pré-existente, levantar muros ou separar ambientes. Deve ser utilizado preferencialmente onde exista iluminação natural, sempre considerando a adequação das plantas aos locais onde serão plantadas.

jardim vertical2

Deixe seu comentário: