Horta Urbana – Intervenção temporária em Nova York

Coletivismo, responsabilidade social e ambiental, aproximação do homem com a terra e o seu processo de produção. Estas são preocupações atuais sobre as futuras gerações e a horta urbana é uma das soluções que está sendo aplicada no mundo todo como forma de se alcançar um futuro mais consciente, mais saudável, mais sustentável.

Em 1999, Museu de Nova York de Arte Moderna e sua instituição irmã, o PS1 Contemporary Art Center, inaugurou o Programa de Jovens Arquitetos, a função desse programa era de se projetar instalações temporárias sobre o tema “Urban Beach”. Em 2008, vendo a necessidade de uma nova revolução de lazer, que crie um símbolo de libertação, conhecimento, poder e diversão para as cidades de hoje, o projeto se tornou a Farm Urban.

Utilizando material reciclável e biodegradável, tubo de papelão é o material escolhido e estes são dispostos em torno de um tubo central formando o desenho de uma margarida.  O tubo central é um buraco para se acessar os seis tubos que o circundam. Com variedade de ervas, frutas e legumes, cada margarida apresenta uma espécie.

Cada coluna está programada para criar uma variedade de experiências e interações abaixo da fazenda. Um espremedor movido à energia solar para fazer cocktails veggie frescos, um periscópio para fornecer uma vista para os campos, uma coluna de toalha e uma de água, duas colunas unidas com um banco e fechado por uma cortina para proporcionar privacidade, uma coluna noturna de estrelas cintilantes e sons de críquete e uma coluna de carregamento telefone movido à energia solar. No pátio menor, uma série de colunas experienciais usam vídeo e som para trazer vida animal.

A intervenção da horta urbana é completamente off-grid. O sistema de energia solar é composto por um conjunto de dezoito módulos fotovoltaicos que abastecem os televisores, as caixas de som, luzes, carregadores de celular e as bombas de irrigação.

Um sistema de irrigação por gotejamento é concebido para fornecer uma quantidade controlada de água a cada tubo de plantador alimentado por uma cisterna que faz a captação de água da chuva, captando mais de 6.000 galões de água da chuva ao longo do verão.

 

Saiba mais, clicando em: Public Farm

Fonte: WORKac

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário: