Academia de Ciências da Califórnia

 

A Academia de Ciências da Califórnia, localizada no Golden Gate Park, em São Francisco, é um dos maiores museus de história natural do mundo. Fundada em 1853, é uma das instituições de maior prestígio dos EUA e um dos poucos institutos de ciências naturais em que a experiência do público e da investigação científica ocorrem no mesmo local.

Após a destruição dos edifícios da academia causadas pelo terremoto de Loma Prieta, em 1989, novos prédios foram construídos mantendo a mesma posição e orientação do original. Dos edifícios destruídos, três foram conservados dentro do novo projeto: o Salão Africano, a American Hall Norte e o Aquário Steinhart.

O telhado verde é plano em seu perímetro e, como uma paisagem natural, torna-se cada vez mais ondulado a medida que se afasta da borda, formando cúpulas de vários tamanhos crescentes a partir do plano do teto.

As células fotovoltaicas, responsáveis por mais de 5% da energia necessária para o museu, estão contidas entre os dois painéis de vidro que formam a cúpula transparente em torno do perímetro do telhado verde.

A escolha de materiais, a reciclagem, o posicionamento dos espaços com relação à iluminação natural, a ventilação natural, o uso da água, a reutilização da água da chuva e a produção de energia: todas estas questões de design tornaram-se uma parte integrante do próprio projeto, e ajudou o museu obter a certificação LEED platina.

 

Ana Clara Zorowich
Redação Ecoeficientes

 

banner-kit-fotovoltaico-rede

Deixe seu comentário: