Home Biogás – Os resíduos orgânicos viram gás de cozinha

Homebiogás é o resultado da evolução dos estudos da humanidade sobre o tratamento dos resíduos e a geração de energia renovável e biofertilizante.

Um sistema incrível que traz, com segurança, durabilidade e praticidade, o empoderamento de possibilitar que os nossos resíduos orgânicos se transformem em gás para cozinha!

R$5.900,00 em até 12 vezes sem juros!
Frete grátis para todo Brasil.

Adquira o seu agora mesmo! Escreva para contato@ecoeficientes.com.br e te enviaremos as instruções de pagamento.

 

O HomeBiogas 2.0 é um sistema autônomo de digestão anaeróbia que trata adequadamente os resíduos orgânicos (restos alimentares, esterco animal e fezes humanas) no local de geração. No biodigestor de design único e arrojado um consórcio de microrganismos totalmente submersos em água e na ausência de oxigênio decompõe os resíduos orgânicos, produzindo biogás e efluente orgânico líquido.

O HomeBiogas foi inicialmente projetado para atender comunidades isoladas, com a intenção de substituir a queima de lenha ou outro combustível fóssil para cozinhar. Rapidamente o sistema HomeBiogas 2.0 foi implantado em ambientes urbanos, periurbanos e rurais por ser facilmente transportado e instalado, em reduzida área.

O sistema é construído a partir dos melhores materiais disponíveis, o que o torna extremamente durável, com 10 (dez) anos de vida útil. O HomeBiogas 2.0 tem garantia para substituição de qualquer peça que esteja com defeito ou falhe durante 24 (vinte e quatro) meses após a entrega do produto ao cliente.

A câmara de digestão e o reservatório de biogás são completamente vedados. Nenhuma quantidade de líquidos permeia pela câmara de digestão e nenhum gás é emitido pelo reservatório de biogás. Ao contrário de muitos banheiros secos ou compostáveis, o HomeBiogas não atrai pragas.

Para garantir a saúde dos usuários o sistema HomeBiogas 2.0 aborda os padrões de emissão filtrando o H2S (sulfeto de hidrogênio) do biogás que sai da câmara de digestão através de um filtro de carvão ativado especialmente projetado, antes de armazená-lo no reservatório de biogás. Com solução patenteada pela HOMEBIOGAS, que usa sacos de areia acima do reservatório de biogás, em baixa pressão o gás flui diretamente para o fogão conectado.

O efluente orgânico líquido é clorado antes de deixar o sistema com uma pastilha de cloro. O cloro é usado como um método adicional de redução de patógenos, adotado em caso de alimentação do equipamento com dejetos animais ou humanos.

Os sistemas de biodigestão e queima do biogás operam mecanicamente. Acionado, o fogão acende sem demora e fornece uma chama constante para cozinhar. O biogás é uma fonte renovável e limpa de energia, reduz as emissões de gases de efeito estufa, evitando a queima adicional de combustíveis fósseis e, portanto, é uma ótima maneira de combater a mudança climática global. Os biodigestores diminuem as emissões de gases de efeito estufa, capturando o biogás e utilizando-o como combustível, em vez de deixá-lo dissipar-se na atmosfera sem uso.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Resumo de Características Técnicas – HomeBiogas 2.0

  • »  Volume Total do Sistema: 2.100 L
  • »  Volume do Tanque Digestor: 1.200 L
  • »  Volume do Tanque de Gás: 700 L
  • »  Quantidade Diária Máxima de Resíduos Alimentares: até 12 L
  • »  Quantidade Diária Máxima de Esterco Animal ou DejetosHumanos: até 40 L
  • »  Saída Nominal Diária de Biogás: 700 L
  • »  Pressão Nominal de Gás: 10 mbar
  • »  Saída de Energia Típica Diária: 4,4 kWh
  • »  Quantidade de Produção de Fertilizante: o mesmo volume deresíduos orgânicos que entra no sistema
  • »  Quantidade de Produção Máxima Diária de Fertilizante: até 40 L
  • »  Dimensões montado: 210C x 115L x 125A cm
  • »  Temperatura Ideal Ambiente: > 20°C

 

Resumo de Características Técnicas – Fogão HomeBiogas 2.0

  • »  Facilmente se conecta ao sistema HomeBiogas
  • »  Não há necessidade de modificações para ser compatívelcom biogás
  • »  Um queimador de design otimizado para HomeBiogas
  • »  Acendedor automático

 

OS SISTEMAS HOMEBIOGAS OBTIVERAM:

  • »  O selo de aprovação CE da Comunidade Europeia para segurança. O selo CE, sigla francesa para Conformité Européenne, ou “Conformidade Europeia”, que aparece em inúmeros produtos comercializados no Espaço Econômico Europeu (EEE), é necessário para qualquer fabricante, seja europeu ou não, que queira vender seus produtos dentro do EEE, garantindo que os produtos vendidos foram avaliados para atender aos altos requisitos de segurança, saúde e proteção ambiental.
  • »  Certificações ISO 9.000 para Gestão da Qualidade e ISO 14.000 para Gestão Ambiental.
  • »  Aprovação de segurança pelo Ministério da Infraestrutura de Energia de Israel.
  • »  Autorização em uma rigorosa auditoria de segurança HAZID (Hazard Identification Study). O estudo HAZID é uma ferramenta para identificação de perigos, usada no início de um projeto. As principais descobertas e classificações de riscos de um projeto ajudam a alinhar parâmetros de conformidade de Saúde, Segurança e Meio Ambiente (SSMA), que fazem parte do Registro de Riscos do projeto, exigido pormuitas autoridades para licenciamento.A empresa HomeBiogas é um membro ativo e colaborador do sistema de padronização da produção, condicionamento e uso de biogás ISO TC255. Atualmente, não há padrão internacional ISO para sistemas domésticos de biogás. A HomeBiogas apoia o estabelecimento de tais padrões e irá cumprir com estes padrões, uma vez disponíveis. A padronização e o cumprimento dos mesmos fornecerão uma marca de aprovação para a HomeBiogas e também protegerão os potenciais usuários de sistemas concorrentes inseguros e não conformes.

 

 

A empresa israelense HOMEBIOGAS, com sede em Beit Yanai, desenvolve e fornece digestores anaeróbios que convertem resíduos orgânicos em biogás e fertilizante orgânico líquido.

O cofundador da HOMEBIOGAS, Yair Teller descobriu pela primeira vez a chama de biogás renovável em uma comunidade isolada na Índia. Surpreso com o impacto e o potencial deste combustível sustentável produzido a partir de resíduos, mergulhou fundo no mundo do biogás, estudando Gestão de Resíduos e construindo sistemas tradicionais. No entanto, rapidamente ficou claro para a Teller que os sistemas tradicionais de biogás tinham limitações e deficiências significativas.

Determinado a tornar o sistema doméstico de biogás uma tecnologia eficiente, durável e moderna, Yair Teller procurou o colaborador de longa data e desenvolvedor de produtos Oshik Efrati. Juntos, Yair e Oshik começaram a trabalhar viajando pelo mundo para construir, testar e analisar todos os métodos existentes e potenciais. À medida que os protótipos se tornaram mais bem definidos e aplicáveis comercialmente, eles procuraram Erez Lanzer, que trouxe sua experiência em administração de empresas e completou o trio fundador1.

A empresa HOMEBIOGAS nasceu com o objetivo de resolver três problemas globais:

1) O desperdício de alimentos

Cerca de 1/3 da comida mundial é desperdiçado a cada ano, o que corresponde a 1,3 bilhão de toneladas. Diante da insegurança alimentar e do desperdício desmedido de recursos naturais preciosos, o HomeBiogas permite que você fazer uso de toda a comida, aproveitando a energia gerada na forma de biogás e reciclando nutrientes por meio do fertilizante.

2) O desmatamento

Quase 3 bilhões de pessoas em todo o mundo queimam querosene, biomassa (madeira, esterco animal, resíduos de colheitas), ou carvão em fogueiras para cozinhar diariamente2. Em muitos países, a dependência de madeira para cozinhar (na forma de madeira ou carvão de madeira) levou ao declínio das florestas. As terras degradadas levam a perdas na biodiversidade, do controle da erosão e regulação do fluxo de tempestades (proteção contra enchentes). A degradação florestal contribui para as mudanças climáticas e também leva à desertificação. Usar o biogás gerado pela HomeBiogas como fonte de combustível dá aos indivíduos uma fonte renovável de energia e elimina a necessidade de lenha.

3) A poluição em ambientes fechados

Cozinhar com biomassa (carvão, lenha), normalmente feita usando fogueiras, é uma realidade para mais de 3 bilhões de pessoas em todo o mundo. Não só o carvão e a madeira são caros, como cozinhar sobre eles também é insalubre. Cozinhar em carvão e madeira cria muita fumaça e emite gases nocivos, que as pessoas respiram causando problemas de saúde sérios. Cozinhar com o biogás produzido pela HomeBiogas pode reduzir mortes e doenças respiratórias atribuídas à poluição do ar em ambientes fechados. Ao usar o HomeBiogas, as famílias que cozinham com biomassa não estarão mais sujeitas à poluição tóxica do ar interno.

Ativação

Além do Manual de Montagem o equipamento é enviado com o Manual do Proprietário, que instrui os usuários sobre como ativar, usar e manter o sistema, assim como o Manual do Fertilizante, que contém informações detalhadas sobre a composição do fertilizante e instruções sobre como usá-lo.

Para ativar o sistema, são necessários 100 litros de esterco animal fresco ou semi-fresco de animais herbívoros, como vacas, ovelhas, cabras, cavalos ou porcos. Resíduos de aves não são recomendados para ativação.

O esterco animal é misturado com água em baldes até criar uma pasta consistente. Com o tanque digestor completo de água, o êmbolo da entrada de resíduos é retirado e então inicia-se o enchimento do equipamento, administrando com água quando necessário. Uma quantidade igual de líquido sairá pela estrutura saída do fertilizante.

Após a ativação inicial com esterco animal, o sistema não deve ser alimentado com restos de alimentos. O sistema começará a produzir gás dentro de 2 a 4 semanas após a alimentação inicial e depois que houver gás no tanque, ou quando o tanque de biogás estiver cheio (completamente expandido), um teste de formação de chama é realizado. Para o primeiro uso, a válvula de gás do fogão é aberta para permitir que o ar nos tubos escape antes de acender o gás. Em seguida, o biogás é queimado usando um isqueiro ou fósforos.

Uma vez que é capaz de acender uma chama no fogão, o sistema está pronto para uso. Neste ponto, é possível começar a introduzir resíduos alimentares. Durante as duas primeiras semanas, a entrada máxima de resíduos alimentares não deve exceder 3 litros por dia.

 

Operação

Depois desta produção de gás inicial, as bactérias dentro do sistema funcionarão 24 horas por dia, 7 dias por semana, para decompor os resíduos e produzir biogás, desde que estejam suficientemente alimentadas e aclimatadas. A rapidez com que o resíduo é fragmentado e convertido em biogás depende de vários fatores, entre os principais, o tipo de resíduo orgânico inserido no equipamento e a temperatura externa. Alimentos diferentes têm diferentes quantidades de energia que se tornarão disponíveis quando o forem digeridos (tanto pelo corpo humano como em um biodigestor).

A operação do HomeBiogas consiste basicamente em alimenta-lo com resíduos orgânicos. Eventualmente o sistema precisa de adição de pequenas quantidades de água toda vez que o nível de líquidos do biodigestor está abaixo do esperado.

Para garantir a saúde dos usuários, o biogás é filtrado nos sistemas antes do uso, e o fertilizante líquido é clorado quando sai do sistema. O sistema HomeBiogas aborda os padrões de emissão filtrando o H2S (sulfeto de hidrogênio) do biogás, através de um filtro de carvão ativado especialmente projetado. Após a filtração, uma concentração de 0,1 ppm ou menos de sulfeto de hidrogênio permanece no biogás. Recomenda-se a troca do filtro de carvão ativado após seis meses a um ano de operação.

Os sistemas HomeBiogas também filtram o fertilizante líquido com uma pastilha de cloro, para erradicar todos os patógenos que possam existir nele. Esta opção de utilização de cloro é adotada em caso de alimentação do equipamento com dejetos animais ou humanos. A substituição da pastilha de cloro deve ser realizada após total consumo, que se dá em torno de dois meses de operação.

 

Deixe seu comentário: